Transmissão do vírus e Evolução

O SARS-CoV-2 é um vírus que se transmite através de gotículas da nossa respiração, por proximidade entre pessoas, ou por toque em superfícies onde essas gotículas podem cair. Como todos os outros vírus, este também evoluiu. O mecanismo principal da sua evolução é a aquisição de mutações, que ocorrem quando o vírus se propaga nas células de um indivíduo infetado. Esses vírus mutantes podem transmitir-se para outro indivíduo, levando a um aumento do número de mutações ao longo do tempo, e à determinação de cadeias de infeção. A análise dos genomas sequenciados até agora indica uma taxa de acumulação de 26 mutações por ano. Em Portugal o número médio de mutações observado é 8, dado os cerca de 150 genomas sequenciados até ao dia de hoje (https://insaflu.insa.pt/covid19/).